A 15ª edição do WAW abordou o tema “Mobile UI // UX: as melhores estratégias para uma interface efetiva”. Os palestrantes Leonardo Lohmann e Sergio Naiki, especialistas em UI e UX Design, explicaram como a Experiência do Usuário influencia em nosso cotidiano e os conceitos por trás desse trabalho.

-Foco de UX: Necessidades do usuário + Lucro para a existência do projeto

A palavra de ordem é usabilidade. Os designers precisam ser guiados pelo usuário: como ele age? O que procura? O que pode dar errado? Como tornar sua experiência agradável e inesquecível? E como esse projeto pode ser rentável? Os palestrantes apresentaram seus portfolios e analisaram cases que abrangiam de restaurantes e lojas físicas a serviços totalmente online.
Leonardo e Sergio explicaram o passo a passo para se elaborar serviços para Tablets, celulares e computadores, destacando as peculiaridades de cada plataforma. No celular, por exemplo, é preciso reunir, de forma clara, uma grande quantidade de informação em uma pequena tela touch-screen. E também deve ser anatomicamente confortável e prático navegar no dispositivo usando as mãos.

-Acerto vs Tempo

Sergio explicou como o UX Designer é importante no desenvolvimento de softwares para a plataforma mobile, seja em sistemas operacionais ou aplicativos. Como exemplo, ele comparou o display das principais marcas de celulares – ioS e Android – e como elas facilitam ou dificultam seu manuseio. iPhones, por exemplo, possuem telas mais largas, o que as torna mais adaptadas ao polegar humano que outras marcas.

-Pedido > Usuários > Protótipos > Resultado

Tudo começa quando o cliente define o objetivo de seu projeto.Os palestrantes mostraram todos os estágios da elaboração de softwares. Desde o esqueleto (wireframes e Z-Index) e o desenvolvimento de HTML até os últimos retoques visuais.

– Fluxograma>Sitemap>Jornada de usuário>Teste de usabilidade

Depois de criar um protótipo é reciso mensurar sua usabilidade, analisar a ordem deações do usuário, ver onde se pode mudar para melhorara performance e testar se o protótipo criado funciona ou não. Assim, os designers podem solucioná-las e apresentar os melhores resultados.

Confira abaixo como foi a palestra, na apresentação do Sérgio.